FESTIVAL NACIONAL DA JUVENTUDE RURAL
Realização de um sonho! Foi dado início ao 4º Festival Nacional da Juventude Rural
25 de abril de 2023 ás 21:47:24


Foto: Marieli Müller

Depois de oito anos de espera e ansiedade, finalmente começou o 4º Festival Nacional da Juventude Rural! Os trabalhos foram iniciados com muita música e animação na tarde desta terça-feira, dia 25, no Pavilhão do Parque da Cidade, em Brasília, onde o Festival acontecerá até a quinta-feira.

Enquanto as delegações de jovens rurais dos estados se acomodavam próximo ao palco onde seria celebrada a abertura, houve o batuque animado do Afrodescendentes e a bela sinfonia da orquestra Sociedade Filarmônica União Sanfelixta, ambos os grupos da Bahia. Logo a orquestra puxou o hino nacional, abrindo solenemente o ato político que deu início ao 4º Festival. 

Foi nesse momento que o palco recebeu toda a Comissão Nacional de Jovens Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (CNJTTR), a Diretoria da CONTAG, as autoridades representantes do governo federal, as representações das centrais sindicais CUT e CTB, a representante da comitiva internacional de jovens e outros convidados e convidadas. Algumas dessas pessoas saudaram toda a juventude presente com declarações emocionadas sobre esse momento histórico para o Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR) e para a juventude rural brasileira, levando também mensagens das organizações que representam. 

“Aqui temos a colheita, nosso sonho realizado. Um sonho sonhado junto que se tornou essa grande realidade. Estou realizada em ver todos vocês aqui, e a diversidade do nosso país e também internacional”, disse Mônica Bufon, secretária de Jovens da CONTAG e coordenadora do 4º Festival Nacional da Juventude Rural.

“Estamos firmes para dizer à juventude rural está semeando resistência e cultivando um mundo novo. Nosso 4º Festival é o renascer das nossas atividades presenciais, e a primeira atividade da CONTAG no governo Lula, um governo que retoma nossa esperança enquanto agricultores e agricultoras, o ano que a CONTAG completa 60 anos, e a nossa juventude completa 22 anos de caminhada”, completou a dirigente. 

 

Na declaração de abertura, o presidente da CONTAG, Aristides Santos, agradeceu o apoio de todas as pessoas envolvidas na articulação do Festival, e comemorou o fim da espera pela realização desta grande atividade. “Foram oito anos de espera. Finalmente chegou o dia do Festival, e junto com ele chegaram mudanças importantes para o país. O Festival traz esperança, confiança, fé e liberdade. Já entregamos a pauta da Juventude ao governo, e esperamos receber boas noticias, que nos possibilitem retomar o que perdemos de políticas para os/as jovens rurais do Brasil”.

Representando o governo federal nesta abertura, o ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula, deixou uma mensagem de confiança aos jovens rurais: “Eu coloco em vocês a minha esperança em um futuro melhor para o país. É nas mãos da juventude rural que essa esperança se deposita. Vocês têm papel central na discussão das políticas, o papel da juventude é central, insubstituível”, afirmou o ministro.

O Congresso também esteve representado, especialmente pelos parlamentares da agricultura familiar, na figura do deputado Heitor Schuch (PSB-RS), presidente da Frente Parlamentar da Agricultura Familiar. Também com otimismo, ele comentou: “Fiquei feliz quando cheguei aqui e vi tanta juventude, e isso mostra que o Movimento Sindical nunca vai acabar, sempre vamos ter jovens nos sindicatos, cooperativas, prefeituras, nas Câmaras de Vereadores, e se preparem para estar aqui também no Congresso Nacional. Porque onde tem jovem tem cabeça boa, tem propostas e projetos pra melhorar a vida da gente simples e humilde que levanta cedo, põe a semente na terra que vai alimentar as pessoas”.

Outros companheiros e companheiras deixaram mensagens de apoio e incentivo aos quase cinco mil jovens rurais de todo o Brasil que estão participando do Festival da Juventude. Quem não conseguiu acompanhar a transmissão, pode assistir o vídeo completo abaixo: 

https://www.youtube.com/watch?v=khkVcuGeE4g

Depois da abertura política foram realizados dois painéis: Desafios e perspectivas para a juventude do campo, da floresta e das águas; e Como chegamos até aqui - reconhecendo o passado, construindo o presente e projetando o futuro.

No final da tarde, o ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA), Paulo Teixeira, esteve presente no Festival, juntamente com um grande equipe do Ministério, para reafirmar o compromisso do governo federal com a pauta da juventude rural e da agricultura familiar como um todo. Na ocasião, o ministro também entregou cinco contratos de crédito fundiário para jovens agricultores e agricultoras familiares.

Na sequência, houve o momento da Troca de Sementes e abertura da Mostra de Saberes e Sabores da Juventude Rural.

À noite, aconteceu a Chamada para a Marcha das Margaridas 2023 e a Noite Cultural com a apresentação das cinco regiões do Brasil.

Fonte: Comunicação do Festival - Gabriella Ávila e Verônica Tozzi

Outras Notícias

Mais Notícias