PIAUÍ
Sessão Solene na ALEPI reúne agricultoras familiares para a 7° Marcha das Margaridas
15 de junho de 2023 ás 16:24:06


Credito : N/A

A plenária da Assembleia Legislativa do Piauí (ALEPI), ficou lotada na manhã desta quinta-feira (15), durante a realização da Sessão Solene em homenagem à Marcha das Margaridas, proposta pela deputada estadual Elisângela Moura (PCdoB), juntamente com o deputado Fábio Novo (PT). A parlamentar destacou a importância de manifestar e incentivar os direitos das mulheres.

“O momento é de gratidão onde contamos com tantas companheiras de muitos municípios e da companheira da CONTAG, Mazé Morais onde estamos hoje mobilizando o nosso estado do Piauí que vai ser muito bem representado na Macha das Margaridas com 20 ônibus. ”, enfatizou a deputada Elisângela Moura. 

A secretária de Nacional de Mulheres da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG), Mazé Morais, destacou o papel da CONTAG à frente da Marcha para as mulheres agricultoras brasileiras.

“O Piauí por meio do requerimento da deputada Elisângela Moura realizar essa sessão faz com que anime cada vez mais a mulherada e já é uma preparação para as mulheres irem à Brasília e também participarem da Marcha Estadual. O Piauí tem todo esse trabalho de, além de participar da nossa Marcha Nacional, faz sessões solenes, Marchas regionais, estaduais e isso para CONTAG é muito importante porque fortalece e potencializa a mobilização das mulheres. Então avalio como muito positiva e fico muito feliz de participar desse momento grandioso com diversas companheiras do Estado”, avaliou Mazé Morais. 

O deputado Fábio Novo (PT), destacou a presença cada vez maior de mulheres na política e secretarias.  “Queremos uma secretaria de mulheres na busca de recursos para implantação políticas públicas cheguem na ponta”, suscitou o deputado. O presidente da Casa do Povo, deputado estadual Franzé Silva (PT), também saldou as mulheres agricultoras na solenidade.  Além dele, outros parlamentares e convidados também reforçaram o papel da Marcha.  

A atividade reuniu toda Diretoria efetiva e assessoria da FETAG-PI, agricultoras e agricultores familiares piauienses de polos sindicais para debater as lutas das mulheres do campo, mobilizando-as para a 7° Marcha das Margaridas, que acontece no mês de agosto na cidade de Brasília.

O presidente da FETAG-PI, Antônio José reforçou a importância da Marcha na vida das mulheres agricultoras e a luta da líder sindical Margarida Maria Alves, que deu origem a Marcha. “O nosso movimento sindical juntamente com a CONTAG e a nossa secretaria estadual de mulheres, sai daqui mais fortalecido para realizar a Marcha estadual no dia 3 de julho e construir uma pauta de reinvindicação de melhores políticas públicas para as mulheres”, destacou.

“Fizemos um enfrentamento e nossa Marcha das Margaridas em 2019 foi bem construída. Esse ano estamos em um cenário de um governo popular, democrático e estamos nos organizando em Caravanas aqui no Piauí. A Marcha das Margaridas reafirma a nossa força, a nossa luta e quero contar com cada uma das companheiras nesse processo”, pronunciou a secretária de Mulheres da FETAG-PI, Marlene Veloso.

Coube à agricultora rural do Polo sindical de Teresina, Rosimeire da Conceição, falar da importância da Macha Marcha, ela que já esteve em três edições.  “Não deixo de participar desse movimento que fortalece as mulheres trabalhadoras rurais e leva conhecimento para nós”, enalteceu a agricultora.

Estiveram no ato representando a FETAG-PI, o Vice-Presidente, Evandro Luz, Secretário Geral, Francisco Diassis, Secretário de Políticas Agrária, Sebastião Rodrigues, Secretário de Meio Ambiente, Daniel Silva, Secretária de Formação, Lucilene Ferreira, Secretária de Jovens, Regina Gomes.

A audiência foi prestigiada por autoridades, como representantes UBM, MST, MPA, MBA, Sinte-PI, CUT, Seres, Sasc, SMPM, SEMPI, AMB, MIQCB, Fórum de Convivência com Semiárido e PM-PI.


Fonte: Assessoria de Comunicação da FETAG-PI - Vanderson de Paulo

Outras Notícias

Mais Notícias